O QUE VOCE PROCURA?

Twitter Receba notícias do PB Youtube Orkut Facebook MSNgroup

As 10 plantas mais bizarras da natureza

 

Esta é uma seleção de plantas curiosas. Algumas que nós já estamos acostumados a ver, e outras(a maioria) com características peculiares… e no mínimo bem bizarras.

Reflanesia arnoldii – maior flor do mundo

Rafflesia arnoldii é um membro do gênero Rafflesia. Ela é famosa por produzir a maior flor do mundo, atingindo 106 cm de diâmetro e pesando até 10 kg. Ela produz uma substância que atrai insetos, que ficam presos no liquido pegajoso permitindo que a planta se alimente deles. A espécie é natural das ilhas de Samatra e Bornéu, na Indonésia.

Rafflesia arnoldii é um membro do gênero Rafflesia. Ela é famosa por produzir a maior flor do mundo, atingindo 106 cm de diâmetro e pesando até 10 kg. Ela produz uma substância que atrai insetos, que ficam presos no liquido pegajoso permitindo que a planta se alimente deles. A espécie é natural das ilhas de Samatra e Bornéu, na Indonésia.

Welwitschia – planta resistente

Welwitschia é um género monotípico de plantas verdes gimnospérmicas[ cuja única espécie é a famosa Welwitschia mirabilis Hook.f., que só existe no deserto do Namibe, na Namíbia e em Angola.

Welwitschia é um género monotípico de plantas verdes gimnospérmicas[ cuja única espécie é a famosa Welwitschia mirabilis Hook.f., que só existe no deserto do Namibe, na Namíbia e em Angola.


Dionéia – planta carnívora

A Dionéia (Dionaea muscipula) é uma planta carnívora que pega e digere presa animal normalmente insetos e aracnídeos). A estrutura de captura é formada por dois lóbulos unidos pela base e presos a ponta de cada uma das folhas. A planta também é conhecida como Vênus papa-moscas, em alusão à deusa grega do amor e da fertilidade (inclusive vegetal).

A Dionéia (Dionaea muscipula) é uma planta carnívora que pega e digere presa animal normalmente insetos e aracnídeos). A estrutura de captura é formada por dois lóbulos unidos pela base e presos a ponta de cada uma das folhas. A planta também é conhecida como Vênus papa-moscas, em alusão à deusa grega do amor e da fertilidade (inclusive vegetal).

Desmodium gyrans – planta dançante
A Desmodium gyrans, é conhecida como "mato dançante" ou "planta do semáforo", devido ao movimento que as suas folhas fazem, que se assemelham a um semáforo. A planta tem um crescimento fácil, e dança alegremente mesmo na janela de uma casa.

A Desmodium gyrans, é conhecida como "mato dançante" ou "planta do semáforo", devido ao movimento que as suas folhas fazem, que se assemelham a um semáforo. A planta tem um crescimento fácil, e dança alegremente mesmo na janela de uma casa.


Euphorbia Obesa – planta baseball
Euphorbia obesa. Esta planta é originária da região do sul da África e é protegida por legislações nacionais e internacionais. Ela corre risco de extinção em seu habitat natural, mas cresce com facilidade em cultivos comerciais.

Euphorbia obesa. Esta planta é originária da região do sul da África e é protegida por legislações nacionais e internacionais. Ela corre risco de extinção em seu habitat natural, mas cresce com facilidade em cultivos comerciais.



Amorphophallus titanum - flôr cadáver
O jarro-titã, flor-cadáver ou titan arum em inglês, (Amorphophallus titanum) é a maior e mais malcheirosa "flor" do mundo. Trata-se de fato, não de uma flor, mas de uma inflorescência apelidada de espádice. Quando desabrocha, ela chega a atingir três metros de altura e pode pesar até 75 quilogramas. Ela exala um forte odor que atrai insetos carniceiros(principalmente besouros), por isso a fama de maior planta carnívora do mundo.

O jarro-titã, flor-cadáver ou titan arum em inglês, (Amorphophallus titanum) é a maior e mais malcheirosa "flor" do mundo. Trata-se de fato, não de uma flor, mas de uma inflorescência apelidada de espádice. Quando desabrocha, ela chega a atingir três metros de altura e pode pesar até 75 quilogramas. Ela exala um forte odor que atrai insetos carniceiros(principalmente besouros), por isso a fama de maior planta carnívora do mundo.

Baobá – árvore garrafa
Os baobás, embondeiros, imbondeiros ou calabaceiras (Adansonia) são um gênero de árvore com oito espécies, nativas da ilha de Madagascar (o maior centro de diversidade, com seis espécies), do continente africano e da Austrália (com uma espécie em cada). As espécies alcançam alturas entre de 5 a 25 m (excepcionalmente 30 m), e até 7 m no diâmetro do tronco (excepcionalmente 11 m). Destacam-se pela capacidade de armazenamento de água dentro do tronco, que pode alcançar até 120.000 litros.

Os baobás, embondeiros, imbondeiros ou calabaceiras (Adansonia) são um gênero de árvore com oito espécies, nativas da ilha de Madagascar (o maior centro de diversidade, com seis espécies), do continente africano e da Austrália (com uma espécie em cada). As espécies alcançam alturas entre de 5 a 25 m (excepcionalmente 30 m), e até 7 m no diâmetro do tronco (excepcionalmente 11 m). Destacam-se pela capacidade de armazenamento de água dentro do tronco, que pode alcançar até 120.000 litros.


Dracaena cinnabari - a árvore do sangue de dragão
Possui o estranho formato de um guarda-chuva, foi descoberta e, 1882. A sua coloração avermelhada é considerada como o sangue de dragões de outras gerações, e era muito procurado como medicamento e tintura.Possui o estranho formato de um guarda-chuva, foi descoberta e, 1882. A sua coloração avermelhada é considerada como o sangue de dragões de outras gerações, e era muito procurado como medicamento e tintura.

Possui o estranho formato de um guarda-chuva, foi descoberta e, 1882. A sua coloração avermelhada é considerada como o sangue de dragões de outras gerações, e era muito procurado como medicamento e tintura.Possui o estranho formato de um guarda-chuva, foi descoberta e, 1882. A sua coloração avermelhada é considerada como o sangue de dragões de outras gerações, e era muito procurado como medicamento e tintura.


Mimosa púdica – Dormideira
A dormideira ou sensitiva (Mimosa pudica L.) é um pequeno arbusto perene da América tropical, pertencente à família das ervilhas. Este nome é devido à forma como os folíolos das folhas se juntam quando ela é tocada ou exposta ao calor (sismonastia).

A dormideira ou sensitiva (Mimosa pudica L.) é um pequeno arbusto perene da América tropical, pertencente à família das ervilhas. Este nome é devido à forma como os folíolos das folhas se juntam quando ela é tocada ou exposta ao calor (sismonastia).

Selaginella lepidophylla – planta da ressureição
Planta também conhecida como a rosa de Jericó, esta espécie do deserto tem uma habilidade incrível de sobreviver a secas. Na falta de chuva ou umidade, a planta se enrola em uma bola e se desenrola apenas quando é exposta à umidade

Planta também conhecida como a rosa de Jericó, esta espécie do deserto tem uma habilidade incrível de sobreviver a secas. Na falta de chuva ou umidade, a planta se enrola em uma bola e se desenrola apenas quando é exposta à umidade


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Total de visualização-6.125 views

O que voce achou desta materia?
Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

Tags

Matéria Relacionadas